Trabalhos 2020-21

Painel Biodiversidade da Minha Terra

Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde (Sesimbra)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos)

Pesquisa sobre a biodiversidade local:

Memória Descritiva:
Este painel representa a biodiversidade que encontramos no Parque Ecológico da Várzea da Quinta do Conde uma magnífica riqueza natural que temos na nossa região.
Enquadrado no Conselho de Turma em Ação, das turmas de 8.º ano, o Painel da Biodiversidade da minha terra foi o projeto escolhido para desenvolver no 3.º período.
Teve como principais objetivos: Estimular através de atividades práticas o aumento da literacia para a sustentabilidade em geral e biodiversidade em particular; Conhecer a biodiversidade local; Educar para a manutenção e preservação dos ecossistemas nacionais; Desenvolver competências nas áreas de investigação e expressão plástica; Dar a conhecer, produtos que respeitam o equilíbrio dos ecossistemas (especificamente a família ReNature). Alertar para a importância de conjugar a produção e o consumo com a preservação dos recursos em geral e da biodiversidade em particular.
Procedeu-se em Conselho de Turma, à planificação do trabalho a dinamizar na escola, desenvolvendo estratégias e atividades que garantissem a eficácia do projeto.
Neste contexto, a implementação do projeto foi efetuada numa vertente de valorização da gestão, lecionação interdisciplinar e articulada do currículo e beneficiando do trabalho colaborativo com as disciplinas de Ciências Naturais, Português, Educação Visual e T.I.C. articulando com os projetos de Educação para a Saúde e Programa Eco-Escolas.
Este projeto foi realizado por várias fases. Numa primeira etapa, os alunos participaram numa Ação de Sensibilização Ambiental sobre o Parque Ecológico da Várzea dinamizada pela Associação ANIME em colaboração com a Câmara Municipal Sesimbra onde foi abordado a biodiversidade da região, identificando a fauna e flora características com destaque para espécies únicas que lá podemos encontrar. Destas espécies, identificaram as autóctones, as invasoras/exóticas e se existia alguma em vias de extinção. Foi também referido os impactes ambientais relativamente a este ecossistema e outros envolventes.
Seguidamente os alunos, em grupos de trabalho, na disciplina de Ciências Naturais, organizaram a informação recolhida na ação de sensibilização e realizaram pesquisa de mais informação. Cada grupo selecionou várias espécies, identificando o nome comum e o nome científico e algumas características mais revelantes. Também escreveram fases/ mensagens apelativas à conservação da Natureza que foram posteriormente revistas em aula pela professora de Português.
Na disciplina de Educação Visual procederam ao desenho de algumas espécies que usaram no painel. Outras espécies foram impressas e pintadas pelos alunos.
Para a construção do painel usamos papel de cenário que reutilizamos de um outro trabalho. A técnica usada foi mista: guache, tinta acrílica, marcadores e colagem sobre o papel de cenário. Para a base do painel usando a técnica do esponjado e guache. Os animais, a técnica de recorte e colagem. As letras/títulos com a técnica de marcadores. Os pormenores foram pintados com guache e pinceis.
As espécies colocadas no painel foram identificadas pelo nome comum e nome científico.
Por fim, a dinamização desta atividade, foi muito gratificante e contribuiu para o sucesso das aprendizagens, fornecendo experiências educacionais inovadoras, nomeadamente, promovendo a aprendizagem ativa por parte dos alunos.
O Parque Ecológico da Várzea, situado tão perto da nossa escola, é um tesouro natural que merece e deve ser visitado, admirado e preservado. Fazê-lo está na mão de cada um de nós!

Fotos do painel: