Trabalhos 2020-21

Painel Biodiversidade da Minha Terra

Escola EB1 das Acácias (Benavente)

Escalão:  1º escalão (jardins de infância e 1º ciclo)

Pesquisa sobre a biodiversidade local:

Memória Descritiva:
A Escola Básica de Acácias situa-se na freguesia de Samora Correia, concelho
de Benavente.
Entre Tejo e Alentejo, junto à grande Lezíria Ribatejana, fica o concelho de
Benavente, orgulhoso das suas famosas ganadarias de reconhecido valor em todo o
país. Na Reserva Natural do Estuário do Tejo, milhares de aves migratórias e
espécies ribeirinhas enchem de beleza uma vasta extensão de dezenas de
quilómetros quadrados de vida e habitat selvagem, dando uma maior autenticidade
à enorme riqueza espontânea, cenário natural deste concelho. Os arrozais, o Tejo,
que se espraia na Lezíria; os rios Sorraia e Almansor (limite natural da freguesia de
Samora Correia), banham os campos onde as cegonhas fazem os seus ninhos.
Assim como num puzzle, onde todas as peças são fundamentais e encaixam
na perfeição, não sendo possível o todo sem cada uma das partes, também no
nosso planeta cada um dos seres vivos é imprescindível e ímpar e só a harmonia
entre todos faz com que tudo funcione. A ideia da parte de um todo serviu de mote
para a elaboração do painel sob a forma de um puzzle, onde se tentou representar
a simbiose entre a terra e os meios aquáticos da região, bem como os seres vivos
que neles habitam.
Após as pesquisas efetuadas, elaborou-se o Painel da Biodiversidade da
Minha Terra, onde se representou: o chorão (que separa os ambientes terrestre e
aquático), o cavalo, o touro bravo, a coruja-das-torres, a cegonha, a fataça, a
enguia, os jacintos (que têm vindo a invadir o rio), alguns elementos aquáticos e a
representação dos campos cultivados.
As técnicas utilizadas foram: pintura a lápis de cor; pintura a lápis de cera,
contornos a caneta de ponta fina, colagem dos animais, das frases e das peças do
puzzle num suporte de cartolina.

Fotos do painel: