Trabalhos 2020-21

Eco-Piñata

Escola Professor Artur Nunes Vidal (Águeda)

Escalão:  1º escalão (jardins de infância e 1º ciclo)

Pesquisa sobre a origem da pinhata:

Memória Descritiva:
1.Enchi um balão gigante
2.Cortei muitas tiras de jornal
3.Com água e farinha fiz uma cola de papel
4.Com um pincel grosso fui passando nas tiras de jornal e colando cada uma sobre o balão até estar totalmente coberto e repeti este passo de dois em dois dias até estar bem seco.
5.Quando finalmente obtive uma carapaça muito dura cortei o balão com uma tesoura e tirei toda a borracha de lá de dentro que encolheu.
6.Preparei duas cores amarelo e preto misturando guaches e cola branca para que a minha tinta ficasse mais espessa e resistente.
7.Pintei a minha abelha às riscas e fiz-lhe uma cara amarela bem grande.
8.Depois de seca usei cola UHU para colar os olhos e um sorriso que fiz com papel crepe amachucado às bolinhas.
9.Com arame e Silver tape e papel crepe preto fiz as asas e as antenas. No fim quando olhei para a carinha da minha abelha achei que lhe faltavam umas sobrancelhas especiais e resolvi usar as letras do pacote da cola.
10.Cortei muitos papeis crepe amarelo e preto e colei-os por fora em algumas riscas dessas cores. Deixei uma abertura na parte do ferrão para a poder rechear
11.Enchi a minha Pinhata com rebuçados de fruta, rebuçados de mel amendoins e nozes (a professora avisou-nos que teria que ter por dentro algo que fosse relacionado com a natureza). Também recortei papelinhos coloridos para caírem quando rebentar
12.Fechei a minha abelha com um ferrão feito com um cone amarelo em cartolina.
Artur - 4º ano - Turma ANV6

Fotos da pinhata: