Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 2

Escola EB de Antas (Vila Nova de Famalicão)

Escalão:  1º escalão (jardins de infância e 1º ciclo)

Fotografia - Capa:

Fotografia - Janeiro:

Fotografia - Fevereiro:

Fotografia - Março:

Fotografia - Abril:

Fotografia - Maio:

Fotografia - Junho:

Fotografia - Julho:

Fotografia - Agosto:

Fotografia - Setembro:

Fotografia - Outubro:

Fotografia - Novembro:

Fotografia - Dezembro:

Memória descritiva:
O presente trabalho visa estimular e educar através de atividades práticas o aumento da literacia para a sustentabilidade e a preservação dos ecossistemas em geral e a bio e geodiversidade marinha em particular. Pretende-se também desenvolver o pensamento crítico na procura de soluções para os problemas que ameaçam esses ecossistemas. Como objetivo final, procurou-se desenvolver competências nas áreas da investigação, expressão plástica, reutilização e comunicação.
Num primeiro momento o desafio UHU foi apresentado ao Conselho Eco-escolas. O mesmo aderiu prontamente à iniciativa. Procedeu-se à discussão de ideias, metodologia a implementar, distribuição de tarefas e calendarização dos trabalhos práticos.
Através de um processo criterioso e participado, foram selecionadas doze fotografias para cada mês do ano e 1 outra para a capa do “Calendário do Mar”. As fotos escolhidas são imagens de espécies marinhas que os alunos consideram ser bastante conhecidas. Desta forma, fica garantida uma relação simbiótica, empática, significativa entre as crianças e os seres vivos. Os seres vivos inscritos no presente projeto estão diretamente relacionados com todos os oceanos do nosso planeta. Desta forma a representação da bio e geodiversidade marinha ficaram asseguradas.
Num segundo momento, foram analisadas as datas comemorativas de cada mês do ano e selecionada a mais significativa tendo em conta o contexto escolar: datas susceptíveis de serem celebradas em contexto escolar, como por exemplo: “dia do pai”!
Selecionada a data a assinalar em cada mês do ano, foi redigida uma frase relativa ao evento com a preocupação de a associar à proteção da vida marinha. A frase inscrita em cada mês, usa metaforicamente um significado humano, permitindo desta forma, atribuir sentimentos, pensamentos humanos às espécies marinhas; acredita-se que desta forma, o impacto junto dos usuários será maior por um processo de identificação ou projeção.
Escolhida a foto, a data a comemorar, inscrita a frase motivadora, procedeu-se à inclusão de elementos gráficos na imagem que consubstanciam a mensagem a emitir e a reter junto do público-alvo: a comunidade educativa! De ressalvar que os elementos gráficos aplicados sobre a imagem original através da técnica de colagem, também eles, são inspirados na vivência humana.