Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 2

Escola EB Regedoura (Ovar)

Escalão:  1º escalão (jardins de infância e 1º ciclo)

Fotografia - Capa:

Fotografia - Janeiro:

Fotografia - Fevereiro:

Fotografia - Março:

Fotografia - Abril:

Fotografia - Maio:

Fotografia - Junho:

Fotografia - Julho:

Fotografia - Agosto:

Fotografia - Setembro:

Fotografia - Outubro:

Fotografia - Novembro:

Fotografia - Dezembro:

Memória descritiva:
A Escola EB da Regedoura, freguesia de Válega e concelho de Ovar, pertencente ao Agrupamento de Escolas Ovar Sul, faz-se representar no concurso “calendário do mar”, pelos alunos que compõem 2 turmas da educação Pré-escolar, com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos e por 9 turmas do 1º Ciclo, do 1º ao 4º ano, com idades entre os 6 e os 11 anos.
Os trabalhos apresentados espelham algumas das preocupações atuais com o ambiente e que levaram os alunos desta escola a realizar diversas pesquisas, particularmente no que se refere ao conhecimento de algumas espécies marinhas e ao sistema dunar da nossa região, a praia do Furadouro.
As composições realizadas englobam técnicas mistas, representadas por desenho, recorte e colagem, colagem de diversos materiais de desperdício, várias técnicas de pintura, modelagem e origami.
Os alunos do pré-escolar representam imagens resultantes dos conhecimentos adquiridos nas suas pesquisas sobre espécies marinhas, que tiveram como ponto de partida, a história “Stella, estrela do mar”.
Partindo da história “A menina do mar”, os alunos do 1º Ciclo focaram as suas pesquisas nas funções que as dunas desempenham e a sua importância nos ecossistemas. De modo a conhecer melhor todo o sistema dunar, pesquisaram sobre a sua formação e evolução, as agressões ao sistema dunar passando também pela identificação de técnicas conservação e de melhoramento. No trabalho de investigação realizado, os alunos desenvolveram ações diversificadas, deslocaram-se à praia do Furadouro e compararam a evolução das ações tecnológicas desde a primeira notícia da invasão da terra pelo mar datada de 1857, em que o mar levou quinze palheiros, até à atualidade. As preocupações ambientais dos alunos estão patentes nos seus trabalhos e acompanharam todo o processo, registando-se uma crescente consciencialização da importância da preservação do ambiente.