Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 2

Escola EB 2/3 Arqueólogo Mário Cardoso (Guimarães)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos, Secundário e Superior)

Fotografia - Capa:

Fotografia - Janeiro:

Fotografia - Fevereiro:

Fotografia - Março:

Fotografia - Abril:

Fotografia - Maio:

Fotografia - Junho:

Fotografia - Julho:

Fotografia - Agosto:

Fotografia - Setembro:

Fotografia - Outubro:

Fotografia - Novembro:

Fotografia - Dezembro:

Memória descritiva:
Os trabalhos apresentados na 2ª fase do concurso «Calendário do Mar» foram realizados pela turma do 5ºC, alunos com idades compreendidas entre os 10 e 11 anos, provenientes da escola Arqueólogo Mário Cardoso, situada na vila de Ponte, Guimarães. Esta temática foi desenvolvida nas disciplinas de Educação Visual, Português, História e Geografia de Portugal, Ciências e Educação Musical e foi ponto de partida para a elaboração de uma DAC com o tema «O mar». Procurou-se sensibilizar os alunos para a necessidade de preservar a biodiversidade marinha.
O primeiro contacto com o projeto aconteceu nas aulas de Educação Visual, onde os alunos tomaram conhecimento do projecto, as etapas e as datas para a sua realização; nas aulas de Português, os alunos leram e exploraram a obra «A menina do mar», de Sophia de Mello Breyner e foi-lhes pedido que fizessem pesquisa de provérbios alusivos ao mar (património oral); nas aulas de Cidadania e Desenvolvimento, foram seleccionados os provérbios mais adequados a cada desenho e a cada mês, tendo este trabalho sido realizado no âmbito do tema “Educação ambiental”; nas aulas de Educação Musical foi trabalhada e ensaiada «A canção do mar» e apresentada à comunidade escolar na Semana da Leitura da Escola; nas aulas de Ciências foi tratado o ciclo da água; nas aulas de TIC, os alunos fizeram a digitalização do calendário e seu design gráfico e nas aulas de Educação Visual, os alunos elaboraram desenharam e ilustraram o provérbio recolhido utilizando a técnica de recorte e colagem.
Neste calendário foi utilizado a técnica da colagem de papel, utilizando a imaginação, a criatividade e claro a cola UHU. Toda a obra representa um apelo à conservação do ecossistema, em particular, da fauna marinha em geral. Os materiais utilizados representam e apelam à uma consciência colectiva para o respeito do meio ambiente sendo utilizado para o fim diversos materiais quer naturais, quer artificiais mas sempre numa ética de reciclagem.
Em suma é imperioso educar e consciencializar para a protecção e preservação da fauna e flora cuidando e respeitando o seu ecossistema.
Os materiais utilizados foram: folhas coloridas de revista; cartão de uma embalagem, cola UHU; pequenos pedaços de lã, conchas e pedras recolhidos na praia; papel de jornal suporte papel de aguarela A3, cola UHU universal, verniz cola uhu, cola de stic de re-nature da uhu.
Técnicas: colagem, pintura em aguarela, pastel, marcador e lápis de cor.