Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 2

Escola EB 2,3 de Milheirós de Poiares (Santa Maria da Feira)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos, Secundário e Superior)

Fotografia - Capa:

Fotografia - Janeiro:

Fotografia - Fevereiro:

Fotografia - Março:

Fotografia - Abril:

Fotografia - Maio:

Fotografia - Junho:

Fotografia - Julho:

Fotografia - Agosto:

Fotografia - Setembro:

Fotografia - Outubro:

Fotografia - Novembro:

Fotografia - Dezembro:

Memória descritiva:
No âmbito do trabalho realizado no âmbito da autonomia e flexibilidade o conselho de turma articulou a nível do 8º ano e assim os ecossistemas marinhos e as questões relacionadas com os mesmos foram trabalhadas em várias disciplinas.
Após o trabalho realizado em Cidadania e Ciências Naturais os alunos iniciaram o trabalho de seleção do trabalho de colagem que iriam realizar nas aulas de educação visual. No trabalho de colagem utilizaram as colas da UHU Renature, restos de cartão e papel entre outros materiais.
Cada aluno realizou um trabalho, tendo depois procurado uma frase que considerasse adequada para acompanhar o mesmo.
Perante os trabalhos elaborados foram selecionados por votação dos alunos os que iriam fazer parte do calendário.
Nas aulas de TIC os alunos fizeram a montagem do calendário recorrendo ao Word. Para cada página escolheram apresentar a imagem, a frase e além do calendário do mês as fases da lua.
O documento criado pelos alunos segue via email para a ABAE uma vez que não foi possível fazer o uploud do pdf.
Com este projeto pretendemos sensibilizar para o problema que é a poluição nos oceanos. Infelizmente, este problema tem vindo a agravar-se e estamos a ficar sem tempo para o resolver. São os muitos animais que habitam os nossos oceanos que têm vindo a sofrer as consequências, pelo uso excessivo e abusivo de plástico e a poluição que daí advém. Não nos podemos esquecer de reciclar mais o lixo que utilizamos no dia-a-dia. Por todo o Mundo estão a realiza-se greves dos estudantes, sobre as alterações climáticas. Temos que estar cada vez mais sensibilizados para este problema, e continuar a lutar e a fazer algo para o mudar. Temos que agir rapidamente!
“O que não acaba no lixo, acaba no nosso organismo”
A composição gráfica foi, por isso, amplamente participada e representa o produto final pretendido por todos os intervenientes.