Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 1

Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Ribeiro Ferreira (Alvaiázere)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos, Secundário e Superior)

Fotografia:

Descrição da imagem:
Escola: Escola Básica de Alvaiázere
Turma: 3º A
Professor: José M. Baptista
Idade dos alunos: 8 anos
Mês ilustrado pela imagem: Abril (meses de Primavera) – “ Em abril, cavalinhos, mil”
Frase alusiva à conservação dos recursos marinhos: Proteger e restaurar os ecossistemas marinhos é assegurar oceanos saudáveis e produtivos.
Outras informações
A ideia surgiu após a leitura e visionamento de uma notícia no jornal Público e na televisão, relatando o declínio de cavalos-marinhos, na ria Formosa, devido à pesca excessiva e ilegal, com destino a países asiáticos.
Seguidamente fomos a https://nationalgeographic.sapo.pt/natureza/grandes-reportagens/1235-a-maior-comunidade-de-cavalos-marinhos-do-mundo-vive-na-ria-formosa e aprendemos muito sobre este peixe invulgar.
Retivemos, principalmente, duas coisas: temos a maior comunidade de cavalos-marinhos do mundo e que todas as espécies de cavalos-marinhos estão em perigo de extinção. Por isso é uma espécie protegida.
A destruição do seu habitat natural e a pesca furtiva são os principais factores para o seu desaparecimento. O cavalo-marinho é bastante valorizado no mercado asiático, sendo comercializado para fins decorativos e principalmente medicinais, uma vez que lhe são atribuídas propriedades farmacológicas e afrodisíacas.