Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 1

Escola EB 2,3 Cego do Maio (Póvoa de Varzim)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos, Secundário e Superior)

Fotografia:

Descrição da imagem:
Num ecossistema, cada espécie tem um habitat próprio, ou seja, um ambiente físico onde desenvolve as suas atividades vitais. Nos ambientes aquáticos, a água apresenta diferentes características físicas e químicas importantes para os seres vivos.
A importância ecológica das estrelas-do-mar é bastante considerável devido ao seu papel de predador de topo de cadeia alimentar: Se dizimadas, podem alterar a composição das espécies de uma zona intertidal ou de qualquer nicho ecológico, podendo provocar sérios danos em recifes de coral.
Em inúmeros países existem muitas espécies de estrelas-do-mar ameaçadas de extinção devido à sobre-exploração dos estoques principalmente devido à apanha para o mercado de adornos ou para mercado de aquariofilia.
O presenta trabalho pretende sensibilizar a população para a conservação dos recursos marinhos, pois o lugar da estrela-do-mar... é no mar!!!
Aproveito para deixar o seguinte enxerto da obra "O menino e as estrelas-do-mar" de autor desconhecido:
“Era uma vez, um escritor que todos os dias de manhã passeava na praia em busca da sua inspiração diária para escrever o seu livro.
Um dia, o escritor viu ao longe um menino a correr entre a água e a areia seca. Ao chegar mais perto viu que o menino estava a agarrar nas estrelas-do-mar que se encontravam na areia e a levá-las novamente para o mar.
– Bom dia! – disse o menino.
– Olá! Porque é que estás a fazer isso? – perguntou o escritor.
– Como a maré está baixa e o sol forte as estrelas-do-mar vão secar e morrer antes que a maré suba de novo. – disse o menino.
O escritor olhou novamente para o menino, sorriu e disse:
– Acho muito bonito o que estás a fazer, só que existem milhares de quilómetros de praia por todo o mundo, ou seja, milhões de estrelas-do-mar devem estar agora mesmo a secar na areia por todas essas praias. Estás a ter tanto trabalho e que diferença faz salvares algumas dezenas em milhões?
O menino agarrou em mais uma estrela-do-mar, levou-a até à água, olhou para o escritor e disse:
– Para esta estrela-do-mar eu já fiz a diferença!
O escritor não conseguiu fazer mais nada durante o dia inteiro, mal conseguiu dormir e sentiu-se bastante triste.
No dia seguinte, como habitual, o escritor foi dar o seu passeio matinal à praia, mas desta vez passou toda a manhã a ajudar o menino a devolver as estrelas-do-mar ao oceano.“
Memória Descritiva do trabalho:
Foi com muito entusiasmo que a Escola E.B. 2,3 Cego do Maio, Póvoa de Varzim, abraçou o Projeto Calendário do Mar - 1ª Fase. Os alunos envolvidos no projeto supramencionado apresentavam idades entre os 11 e os 15 anos.
De forma a pôr em prática o processo de conceção e de elaboração do mesmo, os alunos, orientados pela professora Coordenadora, seguiram os seguintes passos:
1- Investigação, via internet, sobre vários ecossistemas marinhos a representar.
2- Seguiu-se uma tarefa difícil, escolher de entre 28 fotografias, a eleita para a fase seguinte.
3- Os alunos procederam ao desenho, a lápis, numa folha A3 formato horizontal.
4- Seguidamente, foi solicitado aos alunos que trouxessem de casa diversos tipos de materiais, com texturas diferentes, com o intuito de reutilizar.
5- Uma vez que os materiais eram diversificados, foi decidido quais iriam ser utilizados para representar a areia da praia, a estrela-do-mar, a água do mar, o céu, as nuvens e o Sol.
6- Procedeu-se à técnica de Colagem ou Collage com cola UHU ReNature:
- Areia: aproveitou-se uma amostra de areia de um construtor civil.
- Estrela-do-mar: aproveitou-se um velho tecido laranja.
- Água do mar: aproveitou-se resto de papel crepe.
- Céu: aproveitou-se pedaços de cartolina azul claro.
- Nuvens: aproveitou-se um velho tecido branco.
- Sol: aproveitou-se paus de gelados que foram pintados de amarelo.
O presente trabalho encontra-se associado ao mês de Agosto.
Quem ama preserva.
Preservar os recursos marinhos,
é preservar a VIDA!