Trabalhos 2018-19

Calendário do Mar – Fase 1

Escola Básica de Rates (Póvoa de Varzim)

Escalão:  2º escalão (2º e 3º ciclos, Secundário e Superior)

Fotografia:

Descrição da imagem:
O Calendário “Um Mar de Lixo” apresenta-se como uma metáfora, um libelo acusatório, uma tomada de consciência sobre a poluição/o mar/equilíbrio/vida, isto é, como uma síntese de ligação entre o homem e a natureza.
Procedeu-se à construção de uma ilustração para o Calendário do Mar que representa o espaço marinho como uma parte muito importante do nosso ecossistema, constituindo um elemento fundamental para o seu equilíbrio. Como habitat para inúmeras espécies de fauna e flora que dela dependem e, neste sentido, essencial à sua manutenção.
No que respeita designadamente à poluição marítima ela é definida como a introdução pelo homem – direta ou indiretamente – de substâncias ou energias no meio marítimo que resultam nos efeitos prejudiciais sobre os recursos vivos, sobre a vida humana, dificultam o exercício das atividades marítimas, e impedem a utilização da água (e não só) para os fins mais adequados e necessários. A importância fundamental dos mares e dos oceanos: cerca de 71% da superfície coberta do nosso planeta é coberto por água, e dessa percentagem, o mar é responsável por aproximadamente 93%. O conhecimento destes dados ajuda a compreender a sua relevância na biosfera e a sua importância fundamental, fornecendo uma parcela muito considerável de recursos energéticos, alimentares e minerais. Atualmente, devido ao comportamento da nossa sociedade (na generalidade) industrializada e ao mundo excessivamente militarizado, atingiu-se um desequilíbrio do meio marinho onde atuam diversos fatores tais como os químicos, os físicos e os biológicos. Ou seja, é o resultado da forma como a sociedade profundamente consumista está estruturada e se desenvolve. Todo o nosso comportamento diário, nas suas manifestações mais simples e mecânicas, contribui para a poluição dos mares e oceanos, embora muitas vezes nos passem despercebidos.
A conceção desta ilustração e das seguintes que irão constituir o Calendário do Mar resultou do debate realizado no grupo de alunos com Necessidades Educativas, e na pesquisa nas disciplinas de Geografia, Ciências Naturais, Português e Educação Visual, nas turmas do 5º e 6º ano.
Os alunos envolvidos recolheram informação. Pesquisaram sobre as causas e consequências da poluição na população e diversidade da fauna e flora marítima e as espécies em maior risco de extinção.
A composição é assimétrica e de formas contrastantes. A cor, colocada nesta ilustração do calendário, está relacionada com a captação da atenção do indivíduo.
A elaboração do modelo da ilustração; conceção, desenho, recorte, colagem e maquetagem foi realizada por 10 turmas; cinco turmas do 5º ano e cinco do 6º. E por 7 alunos com Necessidades Educativas.
O material utilizado foi folhas de cartolina, papel de lustro, folhas de revistas e jornais (material reciclado), alguns tipos de resíduos tais como restos de redes, plásticos e outros, utilizamos também areia e cola para construirmos a ilustração final.
A elaboração desta ilustração teve um impacto muito forte na vida escolar. Como pontos fortes destacamos: a grande mobilização e empenho dos alunos do 2º ciclo, na realização desta atividade; a operacionalização da intedisciplinaridade através da participação de docentes de diferentes disciplinas e o incentivo à escola inclusiva e aos princípios da “Igualdade de Oportunidades”.
Com este Calendário do Mar vamos tentar sensibilizar, para um problema muito presente e atual, que são os cuidados a ter e as ações a desenvolver para a proteção e sustentabilidade do mar e da vida marinha.