Floresta Autóctone

Floresta Autóctone

A floresta autóctone resultou de diversos fatores como a posição geográfica do nosso território, das características climáticas e, mais recentemente, pela influência humana sobre o meio ambiente.

De acordo com o último inventário florestal (2010, ICNF), as florestas de carvalho representam apenas 2 % da área florestal. O sobreiro e a azinheira representam 23 e 11 %, respetivamente. Tem-se registado uma tendência decrescente das áreas ocupadas por estas espécies, dos carvalhos, do sobreiro desde 1995 e particularmente da azinheira desde meados do século passado.

Este tipo de floresta desempenha uma importante função ambiental e ecológica, na conservação da água, do solo e da biodiversidade. Produz um bom tipo de matéria orgânica e providencia uma ótima evolução do solo e conservação da água, tão importante em ambientes mediterrânicos como acontece em grande parte do nosso território.

Constitui o habitat para inúmeras espécies de fauna e flora que dela dependem e, neste sentido, é essencial na manutenção da vida selvagem. Dela dependem para abrigo, alimentação e reprodução. São diversos os ecossistemas florestais naturais presentes no nosso território nos quais co-habitam espécies de diversos grupos, mais ou menos interdependentes nas suas relações tróficas e interagindo com o meio. As nossas florestas albergam uma fauna e flora muito diversa com algumas espécies raras ou em perigo de extinção daí a importância na conservação de alguns tipos de habitats. Este tipo de floresta apresenta uma menor combustibilidade e propagação do fogo comparativamente a outros tipos de floresta que ocorrem no nosso território (ex. pinhal, eucaliptal).

Providencia diversos produtos lenhosos e não-lenhosos e serviços que contribuem diretamente para a economia das zonas rurais e do país, sendo a madeira e a cortiça os mais importantes.Fornece, também, os cogumelos, frutos, plantas aromáticas, medicinais e mel. Por outro lado, proporciona habitat para diversas espécies com interesse cinegético, desempenhando assim um importante papel no desenvolvimento da caça como atividade económica associada.

Adaptado de: http://www.florestacomum.org/

Sabe Mais

SOBRE FLORESTAS
Coordenação:

 

Parceria: